online pharmacy !!Z super avana price per pill canadian pharmacy FDA CIPA approved viagra super active Our prices are compared online drugs {[^[ buy viagra super active allowing for medicaments and health products. Save on discount prescription online pharmacy [); order viagra super active purchasing perscription drugs online. Full details of the medication: composition, manufacturer, purpose, use, contraindications, located on the Canadian drugstore ]&!< drugs online - description of pharmacological properties, destination, regimen, side effects drug.

Indicar este Site

1 – Nomenclatura das Rodovias Federais.

A Nomenclatura das Rodovias é definida pela sigla BR, que significa Brasil Rodovia e que a rodovia é Federal, seguida sempre por 03 (três) algarismos, regras estas estabelecidas pelo PNV – PLANO NACIONAL DE VIAÇÃO.

1º Algarismo: indica a categoria da rodovia.
2º Algarismo: indica a posição da rodovia.
3º Algarismo: indica somente a posição cronológica da rodovia.


São 05 (cinco) os tipos de classificação das Rodovias.

1ª - Rodovias Radiais.
São as começadas com o algarismo Ø (Zero) e partem da Capital Federal em direção aos extremos do país.

2ª - Rodovias Longitudinais.
São as começadas com o algarismo 1 (Um) e cortam o país na direção Norte-Sul.

3ª - Rodovia Transversais.
São as começadas com o algarismo 2 (Dois) e cortam o país na direção Leste-Oeste.

4ª - Rodovias Diagonais.
São as começadas com algarismo 3 (Três) e cortam o país em duas direções de orientação Noroeste-Sudeste ou Nordeste-Sudoeste.

5ª - Rodovias de Ligações.
São as começadas com algarismo 4 (Quatro) apresentam-se em qualquer direção ligando rodovias federais a cidades ou pontos importantes ou ainda, a nossas fronteiras.

RODOVIAS FEDERAIS

As Rodovias Federais no Estado de Rondônia são 07 (Sete), sendo: 01 (Uma) Longitudinal: BR-174/RO (Vilhena/RO), 02 (Duas) Diagonais: BR-364/RO (Cortando todo Estado) e BR-319/RO (Porto Velho/RO) e as outras 04 (Quatro) de Ligação: BR-435/RO (Vilhena/RO), BR-429/RO (Presidente Médici/RO), BR-421/RO (Ariquemes/RO) e BR-425/RO (Porto Velho/RO).

Nossa principal rodovia é a BR-364/RO, que corta todo o Estado de Rondônia, ligando o Sul e Norte do País, com 1.091,70 quilômetros de extensão toda Pavimentada compreendendo da Divisa com o Estado do Mato Grosso a Divisa com o Estado do Acre. Temos ainda, 1.103,40 quilômetros de extensão das outras rodovias, entre Pavimentada, Em Pavimentação, Implantada (Não Pavimentada) e Planejada (Não Pavimentada).

Temos um Volume Médio de Veículos Dia: De 6.500 (Seis Mil e Quinhentos) Veículos.

  • BR-174/RO – com 65,70 quilômetros de extensão, liga Vilhena/RO à Divisa RO/MT, sentido Juína/MT.
  • BR-435/RO - com 160,00 quilômetros de extensão, liga à BR-364/RO à Pimenteiras/RO
  • BR-429/RO – com 343,50 quilômetros de extensão, liga à BR-364/RO (Pres. Médici) a Costa Marques/RO.
  • BR-421/RO – com 290,60 quilômetros de extensão, liga à BR-364/RO (Ariquemes) à BR-425/RO (Guajará Mirim/RO).
  • BR-421/RO - com 46,00 quliômetros de extensão, liga do Acesso à Buritis/RO à Campo Novo de Rondônia/RO.
  • BR-319/RO – com 64,60 quilômetros de extensão, liga à BR-364/RO (Porto Velho) à Divisa RO/AM, sentido Manaus/AM.
  • BR-425/RO – com 133,00 quilômetros de extensão, liga à BR-364/RO (Abunã/RO) a Guajará Mirim (Fronteira Brasil/Bolívia).

IMPLANTAÇÃO DA RODOVIA BR-364/RO
A nossa principal Rodovia a BR-364/RO, foi implantada com a nomenclatura de BR-29, teve decidido a construção em fevereiro de 1960, ou pelo menos seu primeiro caminho. O Presidente da Republica Juscelino Kubitschek de Oliveira queria inaugurar a estrada em dezembro de 1960, porém só foi entregue em 13 de janeiro de 1961, em cerimônia simples ocorrida em Cuiabá/MT. As condições de tráfego eram precaríssimas.

Os equipamentos para as obras eram transportados por carreta e já vinham fazendo a abertura da rodovia e a maior parte deles eram transportados por hidrovia, através dos Rios Amazonas e Madeira.

Quase no final dessa etapa das obras incentivado pelo Governador Paulo Leal, considerando que a estrada estava Aberta e Trafegável. Saiu uma caravana compostas por 07 (sete) Caminhões e 01 (um) Jeep, saindo de São Paulo/SP, em 28 de outubro de 1960, chegando a Porto Velho/RO no dia 28 de dezembro de 1960, só foi possível concluí-la devido o apoio dos equipamentos das empreiteiras que garantiam a passagem dos veículos.

Nesse período desbravador havia duas grandes preocupações:

SAÚDE: com as doenças tropicais (malária, febre amarela, varíola, tifo entre outras), principalmente por tudo aquilo que tinha ocorrido na época da construção da Ferrovia Madeira Mamoré. Foram criados no período das obras, patrulhas de enfermagem para atender os trabalhadores.

SEGURANÇA: com a chegada de milhares de homens, vindo de toda parte do país, recrutados sem muito critério, temiam-se por incidentes graves.

O Território Federal de Rondônia que tinha enormes desafios nas áreas de Saúde e de Segurança agiu dentro de suas limitações recrutando entre os trabalhadores e constituindo assim, uma força policial com 28 (vinte e oito), assim sendo, os primeiros policiais do território, e com essa ação não houve registros incidentes graves.

A Rodovia BR-29 passou a ser chamada de Rodovia BR-364/RO, na década de 1970, período que se teve outras melhorias, como construção de Pontes de Concreto, incluindo nessa fase a Ponte sobre o Rio Machado e, mais tarde nos anos de 1983/1984, passado mais de duas décadas do marco inicial, foi concluído o asfaltamento, tendo sua inauguração ocorrida no dia 13 de setembro de 1984, com a presença do Presidente da Republica General João Baptista de Oliveira Figueiredo (último governo militar).

No ato inaugural a Rodovia BR-364/RO, teve seu momento de ápice, inclusive recebendo o nome de Rodovia Marechal Rondon, em homenagem ao grande desbravador da Região Norte o Marechal Cândido Rondon, executor da construção da Linha Telegráfica Cuiabá – Porto Velho, que serviu de inspiração e impulso para construção da Rodovia BR-364/RO.